Posted by José Luiz Jorge | novembro - 30 - 2010 | 1 Comment

O Horsemanship é uma filosofia na relação entre Homem e Cavalo estabelecida do ponto de vista dos cavalos.

Isso parte do reconhecimento da natureza deste animais como predados na natureza. Portanto, como animais de fuga, a emoção dominante é o medo. Eles usam sempre e tem todo o direito  de fazê-lo, o seu instinto de auto preservação.

A nossa proposta, a  partir da demonstração prática em um piquete chamado redondel, da generosa natureza e comportamento dos cavalos, e da compreensão da sua linguagem universal, é  estabelecer paralelos entre a relação de cooperação e parceria que eles mantém com os humanos há milênios e a superação de entraves à comunicação organizacional, ao desenvolvimento de lideranças maduras e cooperadoras no ambiente das empresas.

Em um módulo de “day camp” e dinâmicas de grupo no ambiente do rancho, trabalharemos conceitos como escolhas e responsabilidades, cooperarção e confiança, a natureza do líder, como exercer uma liderança motivadora que extraia das pessoas o melhor de cada um.

Junto com o cavalo vamos identificar os fatores que aglutinam os grupos, aprender a cultivar o respeito pelo outro, saber como lidar com os medos e suas respostas defensivas.

O Cavalo nos ensina a flexibilizar o pensamento, tomar decisões rápidas, a treinar a capacidade de observação, de ler sinais não verbais, estimular a intuição, respeitar o tempo dos outros e solicitar o que a empresa precisa com clareza, com gentileza e tempero verbal, ferramentas indispensáveis a potencialização da produtividade de equipes nas empresas.

Conceito da não violência: ninguém tem o direito de dizer a quem quer que seja; faça isso ou vou machucá-lo; paralelos entre cavalos e ambientes corporativos

“Você pode levar um cavalo para a água, mas não pode obrigá-lo a beber”
“Você pode levar um homem ao conhecimento, mas não pode fazê-lo pensar”

OBJETIVOS

* Estimular os participantes a desenvolver a empatia e o respeito pelos parceiros, valorizando o trabalho em equipe, praticando em todas as situações os pilares do Horsemanship:
feel- timing and balance
observar os sinais e ler o ambinete
dar o tempo de resposta que cada um necessita
chamar para a ação com objetividade e clareza

* Permitir pela técnica vivencial  que se identifique a partir das respostas e atitudes dos cavalos em “ground work” (trabalho de chão), situações reais no trabalho onde esses padrões de atitude possam ser aplicados e ser úteis-animais de fuga X de luta – predado X predadores (liderança;auto-liderança  x dominância);

* Desenvolver o estímulo ao trabalho em regime de cooperação, melhorar a sinergia e a produtividade das equipes;

* Trabalhar conceitos como objetividade, atitudes do líder, identificar fatores que aglutinam os grupos, percepção de si mesmo, de seus limites e dos entraves a uma maior entrega profissional, à capacidade de fazer escolhas essenciais no trabalho e em casa;

* Melhorar a comunicação interna nas equipes;

PÚBLICO ALVO

Executivos, tomadores de decisão, dirigentes de unidades de negócio, profissionais que atuam em função do cumprimento de metas, profissionais de vendas, supervisores, chefes de equipe produtiva, pessoal de células de produção.

METODOLOGIA

Treinamento vivencial, em turmas de no máximo 10 pessoas, com material apostilado contendo informações referentes aos conceitos de cada módulo,

Demonstração prática em day camp do trabalho de horse-man-ship, conjunção homem cavalo, com base no conteúdo acima descrito, identificando em cada atitude do cavalo os paralelos entre suas respostas e situações comerciais e corporativas

Dinâmicas de Grupo,

Abordagem vivencial – simulações e exercícios.

RESULTADOS ASSEGURADOS PARA A EMPRESA

Criação de um ambiente confiável na comunicação interna.

Mudanças positivas nos Comportamentos e Atitudes das Lideranças

Liderança desenvolvida em habilidades e técnicas de gestão de pessoas

Motivação da Força de Trabalho-opção por fazer o melhor de si mesmo- sempre

Busca de Resultados Planejados e Melhoria Contínua de Processos

Prevenção de problemas individuais e coletivos no processo de comunicação.

Atenciosamente,

José Luiz Passos Jorge

O Uso do Horsemanship na formação de Lideranças Corporativas


O Horsemanship é uma filosofia na relação entre Homem e Cavalo estabelecida do ponto de vista dos cavalos.

Isso parte do reconhecimento da natureza deste animais como predados na natureza. Portanto, como animais de fuga, a emoção dominante é o medo. Eles usam sempre e tem todo o direito  de fazê-lo, o seu instinto de auto preservação.

A nossa proposta, a  partir da demonstração prática em um piquete chamado redondel, da generosa natureza e comportamento dos cavalos, e da compreensão da sua linguagem universal, é  estabelecer paralelos entre a relação de cooperação e parceria que eles mantém com os humanos há milênios e a superação de entraves à comunicação organizacional, ao desenvolvimento de lideranças maduras e cooperadoras no ambiente das empresas.

Em um módulo de “day camp” e dinâmicas de grupo no ambiente do rancho, trabalharemos conceitos como escolhas e responsabilidades, cooperarção e confiança, a natureza do líder, como exercer uma liderança motivadora que extraia das pessoas o melhor de cada um.

Junto com o cavalo vamos identificar os fatores que aglutinam os grupos, aprender a cultivar o respeito pelo outro, saber como lidar com os medos e suas respostas defensivas.

O Cavalo nos ensina a flexibilizar o pensamento, tomar decisões rápidas, a treinar a capacidade de observação, de ler sinais não verbais, estimular a intuição, respeitar o tempo dos outros e solicitar o que a empresa precisa com clareza, com gentileza e tempero verbal, ferramentas indispensáveis a potencialização da produtividade de equipes nas empresas.

Conceito da não violência: ninguém tem o direito de dizer a quem quer que seja; faça isso ou vou machucá-lo; paralelos entre cavalos e ambientes corporativos

“Você pode levar um cavalo para a água, mas não pode obrigá-lo a beber”
“Você pode levar um homem ao conhecimento, mas não pode fazê-lo pensar”

OBJETIVOS

  • Estimular os participantes a desenvolver a empatia e o respeito pelos parceiros, valorizando o trabalho em equipe, praticando em todas as situações os pilares do Horsemanship:
    feel- timing and balance
    observar os sinais e ler o ambinete
    dar o tempo de resposta que cada um necessita
    chamar para a ação com objetividade e clareza
  • Permitir pela técnica vivencial  que se identifique a partir das respostas e atitudes dos cavalos em “ground work” (trabalho de chão), situações reais no trabalho onde esses padrões de atitude possam ser aplicados e ser úteis-animais de fuga X de luta – predado X predadores (liderança;auto-liderança  x dominância);

  • Desenvolver o estímulo ao trabalho em regime de cooperação, melhorar a sinergia e a produtividade das equipes;

  • Trabalhar conceitos como objetividade, atitudes do líder, identificar fatores que aglutinam os grupos, percepção de si mesmo, de seus limites e dos entraves a uma maior entrega profissional, à capacidade de fazer escolhas essenciais no trabalho e em casa;

  • Melhorar a comunicação interna nas equipes;

PÚBLICO ALVO

Executivos, tomadores de decisão, dirigentes de unidades de negócio, profissionais que atuam em função do cumprimento de metas, profissionais de vendas, supervisores, chefes de equipe produtiva, pessoal de células de produção

.

METODOLOGIA

Treinamento vivencial, em turmas de no máximo 10 pessoas, com material apostilado contendo informações referentes aos conceitos de cada módulo,

Demonstração prática em day camp do trabalho de horse-man-ship, conjunção homem cavalo, com base no conteúdo acima descrito, identificando em cada atitude do cavalo os paralelos entre suas respostas e situações comerciais e corporativas

Dinâmicas de Grupo,

Abordagem vivencial – simulações e exercícios.

RESULTADOS ASSEGURADOS PARA A EMPRESA

Criação de um ambiente confiável na comunicação interna.

Mudanças positivas nos Comportamentos e Atitudes das Lideranças

Liderança desenvolvida em habilidades e técnicas de gestão de pessoas

Motivação da Força de Trabalho-opção por fazer o melhor de si mesmo- sempre

Busca de Resultados Planejados e Melhoria Contínua de Processos

Prevenção de problemas individuais e coletivos no processo de comunicação.

Atenciosamente,

José Luiz Passos Jorge

One Response so far.

  1. Horse.M disse:

    Parábens !


Twitter updates

No public Twitter messages.

Sponsors

  • Mangalarga Marchador
  • Revista Horse
  • Selaria Dias
  • Equipe Fusion