Grup Porno
Posted by José Luiz Jorge | novembro - 13 - 2016 | 0 Comment

Quando os cavalos já foram abusados ou negligenciados, agredidos ou contidos pela dor, eles têm razões de sobra para não gostar de pessoas. Quando o cavalo nega-se a fazer algo, ou tenta fugir desesperadamente de uma contenção forçada, na maioria das vezes são duramente agredidos, porque todo aquele medo os torna perigosos, para si mesmos e para a pessoa despreparada que tentava conte-lo a força ou com violência.

Quem lida com potros em fase inicial da vida, por exemplo, desmamaram num dia e o tansportaram a outro local no dia seguinte. Sem nunca terem sido cabresteados, sem contato, apenas um desmame traumático e no dia seguinte sensações terríveis de pânico.

Chegam ao novo local e com olhos esbugalhados sem entender nada do que se passou com eles, novos cheiros, outros cavalos, eles precisam te sorte de não cair em mãos violentas. Ao receber duas potras assim, fizemos 21 dias de integração, enfrentando o desespero delas ante uma corda, um cabresto, e pouco a pouco, dez,quinze minutos a cada dia, trato regular , até que permitiram uma escovação, um contato físico lateral, com muita calma e baixa energia, mesmo com uma delas dando manotaços, de medo pânico. Até que percebeu que nada de ruim lhe aconteceria, e foram cedendo a cada dia um pouco até que no 21 o. dia conseguimos cabresteá-las e muda-las de local, levando-as para um piquete com parte da manada.

Um temível traço do medo é a “negação da cabeça”…–isso acontece, especialmente se o cavalo foi atingido na cara ou teve suas orelhas torcidas ou puxadas, ou se o abusaram com o uso do pito ou cachimbo na ponta do nariz.

Um cavalo “que nega a cabeça” vai ficar assustado ou afastar-se quando você tentar acessar a sua cabeça. É preciso algum esforço e paciência para ajudá-los a superar isto.

Lembre-se sempre ser confiante, calmo, seguro e se necessário firme e claro, sem ser violento, em torno de um cavalo.

Refazer a mente do cavalo, passo a passo

Cavalos de esporte, sela, lazer e trabalho devem ser confiantes (no ambiente, nas pessoas e neles mesmos), para aceitar e superar tarefas que devemos realizar juntos, deve ceder a cabeça na altura do seu peito, por exemplo, quando estão sendo encilhados e para ser colocada a cabeçada e ou o cabresto

  1. Como abordar a cabeça de um cavalo abusado?

Um dos pilares do Horsemanship é o uso do feeling, da intuição, da sua capacidade de ler e sentir o que o cavalo sente. De ver o mundo como ele vê.

Um outro pilar o respeito ao tempo de cada cavalo que é um indivíduo único, com suas memórias, história e manejo.

Aborde o cavalo devagar e calmamente, caminhe na direção da cabeça, do lado deles e não pela frente. Não olhe o cavalo diretamente no olho, no início; eles veem isso como uma ameaça. Nunca deixe o cavalo sentir que você esteja nervoso ou tenso, mesmo se estiver. Como fazer isso? Respire calma e profundamente.

Irradie uma atitude calma, sem medo. Se você não pode fazer isso você precisa aprender como… – porque é IMPRESCINDÍVEL se você pretende trabalhar com cavalos. Se você transparece sua calma, você acalma qualquer cavalo.

  1. Acalme o Cavalo

Permita que o cavalo sinta sua energia para “vê-lo” e se ele parece nervoso, tente cantarolar algo macio e suave até que ele pareça relaxado, respire fundo, expire longamente, para dissipar a adrenalina. Cavalos são espelhos da energia de quem os maneja porque ele sente, ele sabe mais sobre você do que você mesmo. Não faça nada apressado porque o tempo é sempre o do cavalo e não o seu.

  1. Mova-se em torno dele com gestos compassados naturalmente

Estenda sua mão lentamente até seu nariz . Não tente parecer ameaçador. Se o cavalo fizer o movimento de afastar a cabeça para fora, para o outro lado, solte a mão e dê um passo para trás, alguns centímetros. Aguarde alguns segundos antes de tentar novamente. Os cavalos são tão curiosos que a maioria deles terá um passo em direção a você neste momento. Isso é um bom sinal.

Alteza no curso24. Procure causar uma primeira boa impressão… para ele isso quer dizer calma e segurança

Esfregue o nariz dele até que ele entenda que você não vai machucá-lo. Muitos cavalos gostam de explorar ou mordiscar com seus lábios. Deixe ele fazer isso na sua mão ou manga. Se você tem medo de que ele pode beliscar você, tire a mão suavemente e sem alarme ANTES que algo aconteça. Se você assustá-lo com gesto brusco estragou tudo e terá que voltar à estaca zero. Não existe segunda chance de causar uma primeira boa impressão.

  1. Conhecer um ao outro para criar confiança

Mova lentamente a mão da ponta do nariz do cavalo até a testa, no ponto cego, por todo o chanfro . Esfregue a testa suavemente em círculos e fale calmamente com o cavalo. Você pode tentar olhar nos olhos dele agora. Fazê-lo com seus próprios olhos semi-cerrados em uma expressão de sono; Não fique olhando, troque energia com ele, sinta como ele se acalma, as suas respirações podem até entrar na mesma frequência. Se os olhos do cavalo estão também semi-cerrados este é um bom sinal, significa que ele está se acalmando.

  1. Observe cavalos em manada, comunique-se com ele na linguagem natural deles

Esfregue com energia e firmeza mas com afeto, o pescoço, desça para as costas, flancos, pescoço, tente seguir com a mão para a crineira e vá sentindo até onde permite que vc vá subindo em direção à nuca, sem ficar com o pescoço tensionado. Quando ele for contrair o pescoço você cede e volta a um ponto de conforto para ele, antes de esfregar a face dele mais uma vez . Os melhores lugares para fazer isso são onde cavalos coçam uns aos outros: no pescoço superior direita atrás das orelhas e na cernelha (os ossos grandes na base superior do pescoço) e nas costas.

  1. Eles são espelhos da sua emoção. Sabem muito mais sobe você do que você imagina

Olhá-lo suavemente no olho de vez em quando e deixá-lo olhar para você . Se acontecer algo assustador ou pelo alto em torno de você, absolutamente ignore-o! Isto irá mostrar-lhe que não tem medo, que aquilo não é perigoso. Na manada, ante uma situação nova que pode ser causadora de medo, eles não a enfrentam sozinhos, eles observam a égua alfa, se ela se assustar ou fugir eles o fazem, se ela estiver tranquila eles irão explorar o momento. Ante o medo os cavalos preferem ter alguém para lidar com isso para eles. Mostrando-lhe, que você é seguro, o cavalo vai começar a considerá-lo como um cavalo “Alfa” e ele se sentirá mais seguro em torno de você.

  1. Aja como líder alfa

Voce sem querer pode até tê-lo colocado em uma situação difícil, uma encrenca, em um terreno ruim, numa situação totalmente estranha e desconfortável , e deve parecer a ele que você, calmo e seguro irá tirá-lo daquilo em vez de ele perceber que você é o culpado daquilo estar acontecendo, o que faria ele querer distancia de você.

  1. Você não ensina nada a ele, você cria condições dele aprender

Quando na fase inicial de escolarização, em um redondel, com guias longas ou cabresto, ou rédeas longas para atuar do chão, bandeirolas, o seu cuidado deverá ser o de ir apresentando com segurança, sem dor, lendo o cavalo, sentindo que ele vai se tensionar demais, você volta um movimento atrás, resgata a confiança dele, até que ele seguro vai permitindo que as novidades, novos desafios e problemas sejam apresentados e ele começa a responder e a aprender enquanto se diverte, nunca por medo, ou dor.

12129_a_campo910. Ele só vai ceder e confiar quando sua energia o fizer sentir-se seguro sobre qual sua intenção

Cavalos com memória de dor na orelha, nariz, boca, nuca, irão demandar mais tempo para serem reabilitados e parar de negar o contato com esses locais. A responsabilidade de quem maneja é maior, até que sem nenhuma violência ele ceda e permita que você possa cortar a crina na nuca, limpar as orelhas, passar uma cabeçada com ele colocando a cabeça na altura do seu peito. Lembre sempre que na natureza são predados, servem de comida a grandes felinos, que os atacam justamente pela nuca e pescoço e está gravado em suas mentes que ali é perigoso. Se o tratador/treinador/cavaleiro, o agredirem nessas regiões é o mesmo que lhes dizer.. você está certo mesmo de ficar em pânico, porque eu te machucar bem aí onde é perigoso, mas se você for desse tipo de gente, não reclama se receber um manotaço ou um belo coice … ele foi justo e necessário para que respeite o tempo de cada cavalo.


Twitter updates

No public Twitter messages.

Sponsors

  • Mangalarga Marchador
  • Revista Horse
  • Selaria Dias
  • Equipe Fusion