O caminho da mente de seu cavalo é incrível : Rancho São Miguel

Grup Porno
Posted by José Luiz Jorge | setembro - 4 - 2019 | 0 Comment

Uma das minhas principais referências no Horsemaship foi e ainda é Tom Dorrance e tudo o que ele dizia e fez. Além dele, e de seu irmão Bill, me referencio em Ray Hunt (que iniciou mais de 10 mil potros, como que vivenciando as experiências junto e do ponto de vista deles), Buck Branaman, um dos mais inspiradores e no Brasil, Eduardo Borba. Estudei muito os ensinamentos de Tom Dorrance e seu livro True Horsemanship Trough Feel é sem dúvida um guia para a vida com cavalos.

Ele disse algo no sentido como “as pessoas deveriam ser obrigadas a liderar seu cavalo apenas por um fio”. Eu acho que se as pessoas tivessem que fazer isso, elas perceberiam que é sobre comunicação, não sobre controle. E nos nossos cursos, na segunda aula, quando falo de embocaduras e rédeas, vejo que a grande maioria das pessoas associa essa ajuda a -“como faço para controlar melhor o meu cavalo ?”

E eu respondo entenda como o cavalo aprende e como ele se comunica conosco todo o tempo. Monte melhor. Monte com o corpo (90% assento-quadril e pernas) e (10% é sobre rédeas), monte com a mente e com o espírito.

Basta para elas perceberem que falamos todo o tempo sobre comunicação com o cavalo, baseando todas as ações em sentir o que eles sentem, ver o mundo como eles vêem e em cima de solicitação e alívio no exato instante que “te perguntam” : – é isso que vc está pedindo? E ao aliviar vc responde sim, é disso que estou falando.

E toda a relação com eles passa a se construir em cima de confiança e cooperação em vez de medo, dor e submissão.

O que você está conseguindo oferecer ao cavalo? O que você está conseguindo sentir quando trabalha ou se diverte com ele? E elas passam a se concentrar mais no que dão ao cavalo do que no cavalo em si. Muita gente monta e fica olhando a nuca do cavalo, esquecendo que os olhos dele são laterais e ele está te vendo e passa a desconfiar de suas reais intenções (controle) e não, não é apenas sobre quantas coisas você pode dar para “fingir” que você tem um relacionamento.

A maior importância deve estar em preservar o espírito dos cavalos, ensinava Tom Dorrance. Quantas vezes, em diferentes escolas equestres vemos desde a iniciação do potro, “domadores” falando e fazendo coisas para “quebrar o espírito deles”?

Os verdadeiros relacionamentos significativos são construídos sobre o que você contribui para o espírito e a sensação de bem-estar dos outros. Então, assim como um relacionamento com outro humano ou uma criança, por exemplo, na vida escolar dela, existem muitas vezes, o reforço negativo, o reforço positivo, ensino, aprendendo um com o outro, comunicação, respeito, simplesmente ser e experimentar um pelo outro , passando por boas e más experiências juntos e aprendendo com eles. 

Foi por essa razão, que meu segundo livro teve como título “Aprendendo com o Cavalo-Você pergunta e ele ensina”.

Pense agora sobre outros relacionamentos, porque é isso que você está criando com o seu cavalo. Eles são seres senscientes; tem pensamentos, sentimentos, mente e espírito. Respeite-os nisso …

O que realmente importa é o que o cavalo realmente sente e percebe sobre quais são nossas intenções e emoções por trás do que estamos fazendo. Não é sobre o que se fala, mas sobre o que se faz. E comunicamos isso a eles, muitas vezes, inconscientemente, pelo cheiro de adrenalina que exalamos e eles sentem – o cheiro do perigo que está gravado em sua memória ancestral, você quer controlar o cavalo e exala o cheiro da onça quando o ataca. Isso desmente todas as boas intenções para ele.

Leve com o seu coração … leia o seu cavalo … Sinta o que ele sente. Isso é mais do que empatia, é respeito pelo ser que te leva onde você propõe; e respeito, do latim res scipiere significa mantenha a devida distância e aqui é traduzido como aceite que ele responda no tempo que ele precisa para confiar em você.  E você será guiado no melhor caminho para a mente do seu cavalo.

Ensinamentos de Tom Dorrance, sempre úteis e vivos, afinal ele é um clássico do Horsemanship

Ajuste-se  para cada situação. 

Observe, lembre-se, compare

Concentração, Coordenação, Reflexos

Influencie a Mente

Crie um caminho de entendimento com eles

Você não ensina nada ao cavalo mas, permite que ele aprenda e você estará aprendendo com eles


Twitter updates

No public Twitter messages.

Sponsors

  • Mangalarga Marchador
  • Revista Horse
  • Selaria Dias
  • Equipe Fusion